Nova cara, ops novas asas.

madre (1)

Nossa identidade mudou, em uma conversa com o artista Marcos Pê sobre termos uma ave como ícone ele buscou sentido em uma coisa linda e inquieta que são as aves de arribação.Obrigado Pê por nos presentear com asas para buscarmos em cada canto um pouco de verão.
A poesia de Admmauro Gommes, prende na gaiola do peito esses pensamentos alados.
AVE DE ARRIBAÇÃO

Poesia se parece
Com ave de arribação
Levanta voo no infinito
Se confunde com a amplidão
E o poeta é um menino
Com uma gaiola na mão.

Ele fica na espera
Na hora da revoada
Pra ver se ela se ilude
E cai na sua jogada.
Tem dia que o poeta
Coitado, não pega nada.

Mas no dia do caçador
A ave perde a noção
Vem doidinha lhe encontrar
Com toda satisfação.
Aí o poeta astuto
Lhe prende no alçapão.